Uma Família à Maneira!

Sagrada Família (Ano C)
Lc 2, 41-52

Pedro e Dulce Correia | Leigos

Desafio-te:

Faz com que os outros fiquem admirados com a tua família. Sê tu também a imagem de Cristo.

Descarrega: PDF | Video

Partilha:

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Os pais de Jesus iam todos os anos a Jerusalém, pela festa da Páscoa. Quando Ele fez doze anos, subiram até lá, como era costume nessa festa. Quando eles regressavam, passados os dias festivos, o Menino Jesus ficou em Jerusalém, sem que seus pais o soubessem. Julgando que Ele vinha na caravana, fizeram um dia de viagem e começaram a procurá-l’O entre os parentes e conhecidos. Não O encontrando, voltaram a Jerusalém, à sua procura. Passados três dias, encontraram-n’O no templo, sentado no meio dos doutores, a ouvi-los e a fazer-lhes perguntas. Todos aqueles que O ouviam estavam surpreendidos com a sua inteligência e as suas respostas. Quando viram Jesus, seus pais ficaram admirados; e sua Mãe disse-Lhe: «Filho, porque procedeste assim connosco? Teu pai e eu andávamos aflitos à tua procura». Jesus respondeu-lhes: «Porque Me procuráveis? Não sabíeis que Eu devia estar na casa de meu Pai?». Mas eles não entenderam as palavras que Jesus lhes disse. Jesus desceu então com eles para Nazaré e era-lhes submisso. Sua Mãe guardava todos estes acontecimentos em seu coração. E Jesus ia crescendo em sabedoria, em estatura e em graça, diante de Deus e dos homens.
Palavra da Salvação.

(Lc 2, 41-52)

– Olá! Ainda nos encontramos a festejar e a celebrar o nascimento de Jesus, o Seu Natal, o nosso Natal e a igreja já nos dá outro motivo de alegria, mais uma festa: a festa da Sagrada Família. E como tu sabes, Sagrada Família que é a família de Jesus, de José e de Maria, e o que te queremos propor é precisamente uma viagem por este texto, por este Evangelho e assim conseguirmos perceber porque é que esta família é tão especial e deverá ser para nós um modelo a seguir.

– Todos os anos Jesus ía a Jerusalém em família, com o pai, com a mãe e com o resto da família. Era uma família que emanava felicidade, alegria, serenidade. Também nós quando vamos à missa em família também ficamos mais cheios de Deus, cheios do Espírito Santo e também mais calmos, mais alegres, mais serenos. E tu, vais à missa em família?

– Ora, como deves calcular, José e Maria quando se aperceberam que Jesus não estava lá, ficaram com certeza muito preocupados. Também já terás tido com certeza essa experiência, perderes-te de alguém e ficas sempre muito preocupado. Ora, é importante que haja na família, pais que se preocupam com os filhos, filhos com os pais, enfim… Que nós possamo-nos preocupar uns com os outros. Mas para que isso aconteça é importante que exista tempo e tu tens que criar tempo na tua família. Com certeza que no tempo de Jesus não havia nem telemóveis nem computadores nem a novela da noite tão-pouco mas José, Jesus e Maria criavam tempo para a sua família, criavam tempo para que pudessem olhar uns para os outros, para se puderem relacionar e viver no amor de Deus.

– Quando Maria e José deram por falta de Jesus, voltaram imediatamente para Jerusalém. Estavam aflitos à procura de Jesus e quando chegaram ao templo encontraram-no lá e ficaram muito admirados porque ele estava descontraído a falar com os doutores da lei. E quando olhou para eles também ficou muito admirado por estarem à procura dele e, inclusivamente, acabou por ser até um bocadinho indelicado: "Então mas vocês não sabiam que eu tinha de estar aqui na casa do meu Pai?". Eles ficaram surpreendidos com a resposta de Jesus mas sabiam que ele era Filho de Deus e, por isso, aceitaram com confiança aquilo que Jesus lhes disse, ficando sempre a pensar um bocadinho naquilo que Jesus lhes tinha dito. Nossa Senhora guardava todas aquelas coisas no seu coração.

– Que grande família esta! É mesmo uma família à maneira, onde se compreendem uns aos outros, onde há calma e compaixão. O que te queremos dizer precisamente, é que, como vês, José e Maria foram muito daquilo e são muito daquilo que Jesus é. Muito daquilo que Jesus é, aprendeu com este casal. Jesus que se manifestou através de nós, através de uma família como a nossa, como a tua, que tem de estar pronta a deixar que este projeto de Deus, o amor, possa crescer no seu seio.

– Que grande família esta! É mesmo uma família à maneira, onde secompreendem uns aos outros, onde há calma e compaixão. O que te queremos dizer precisamente, é que, como vês, José e Maria foram muito daquilo e são muito daquilo que Jesus é. Muito daquilo que Jesus é, aprendeu com este casal. Jesus que se manifestou através de nós, através de uma família como a nossa, como a tua, que tem de estar pronta a deixar que este projeto de Deus, o amor, possa crescer no seu seio.

– Tem uma boa semana!

– Uma boa semana para ti!

Pedro e Dulce Correia

Newsletter

Subscreve já a nossa newsletter e recebe em primeira mão cada novo episódio.