Ser Testemunho

Domingo de Pentecostes (Ano C)
Jo 20, 19-23

D. Joaquim Mendes | Bispo Auxiliar de Lisboa

Desafio-te:

Esta semana, sê testemunha. Mostra Cristo aos outros.

Descarrega: PDF | Video

Partilha:

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

Na tarde daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas as portas da casa onde os discípulos se encontravam, com medo dos judeus, veio Jesus, apresentou-Se no meio deles e disse-lhes: «A paz esteja convosco». Dito isto, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos ficaram cheios de alegria ao verem o Senhor. Jesus disse-lhes de novo: «A paz esteja convosco. Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós». Dito isto, soprou sobre eles e disse-lhes: «Recebei o Espírito Santo: àqueles a quem perdoardes os pecados ser-lhes-ão perdoados; e àqueles a quem os retiverdes ser-lhes-ão retidos».
Palavra da Salvação.

(Jo 20, 19-23)

Celebramos, neste domingo, a Solenidade do Pentecostes. Concluímos o tempo pascal, estes cinquenta dias entre a Páscoa e o Pentecostes e celebramos este tempo como um grande domingo, como um tempo de alegria e de exultação pela ressurreição de nosso Senhor Jesus Cristo.

O Evangelho deste domingo leva-nos ao Cenáculo, à sala da última ceia, lugar do último momento de intimidade de Jesus com os Seus discípulos, antes de sofrer a paixão e a morte. É a tarde da ressurreição e Jesus ressuscitado surpreende os discípulos, mergulhados ainda no clima de sexta-feira Santa, num ambiente de tristeza e de medo por causa dos judeus. E Jesus coloca-se no meio deles, reúne-os de novo à Sua volta e saúda-os, dizendo-lhes por duas vezes: “A paz esteja convosco”. Mostra-lhes os sinais da Sua Paixão para que eles não tenham dúvida de que é Ele mesmo e não um fantasma. E diz-lhes: “Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós”. Sopra sobre eles, comunica-lhes o Espírito Santo, vincula-os à Sua missão, confiando-lhes o ministério da reconciliação, o encargo de serem ministros da ação redentora de introduzir os pecadores reconciliados na comunhão eclesial mediante o dom do Espírito Santo.

O Senhor dá o Espírito Santo e confia aos discípulos de ontem e de hoje a missão de serem testemunhas e dispensadores da Sua misericórdia, de conduzirem os homens à fé para que, acreditando, obtenham o perdão dos pecados e tenham a vida em Seu nome.

Neste Pentecostes e neste Ano Jubilar da Misericórdia reavivemos o dom do Espírito Santo que recebemos no Batismo e no Crisma. Assumamos a missão que o Senhor nos confia de sermos Suas testemunhas, sinais e portadores do Seu amor no mundo, canais da Sua misericórdia, juntamente com o Espírito Santo, porque não há missão sem Ele.

D. Joaquim Mendes

Newsletter

Subscreve já a nossa newsletter e recebe em primeira mão cada novo episódio.