O Amor Vê Mais Longe

11.º Domingo Tempo Comum (Ano C)
Lc 7, 36-50

P. Abel Ferreira | Paróquia de Monte Abraão

Desafio-te:

Esta semana, faz como Jesus! Olha à tua volta e procura o que de bom há nos outros.

Descarrega: PDF | Video

Partilha:

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Naquele tempo, um fariseu convidou Jesus para comer com ele. Jesus entrou em casa do fariseu e tomou lugar à mesa. Então, uma mulher – uma pecadora que vivia na cidade – ao saber que Ele estava à mesa em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro com perfume; pôs-se atrás de Jesus e, chorando muito, banhava-Lhe os pés com as lágrimas e enxugava-Lhos com os cabelos, beijava-os e ungia-os com o perfume. Ao ver isto, o fariseu que tinha convidado Jesus pensou consigo: «Se este homem fosse profeta, saberia que a mulher que O toca é uma pecadora». Jesus tomou a palavra e disse-lhe: «Simão, tenho uma coisa a dizer-te». Ele respondeu: «Fala, Mestre». Jesus continuou: «Certo credor tinha dois devedores: um devia-lhe quinhentos denários e o outro cinquenta. Como não tinham com que pagar, perdoou a ambos. Qual deles ficará mais seu amigo?». Respondeu Simão: «Aquele – suponho eu – a quem mais perdoou». Disse-lhe Jesus: «Julgaste bem». E voltando-Se para a mulher, disse a Simão: «Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não Me deste água para os pés; mas ela banhou-Me os pés com as lágrimas e enxugou-os com os cabelos. Não Me deste o ósculo; mas ela, desde que entrei, não cessou de beijar-Me os pés. Não Me derramaste óleo na cabeça; mas ela ungiu-Me os pés com perfume. Por isso te digo: São-lhe perdoados os seus muitos pecados, porque muito amou; mas aquele a quem pouco se perdoa, pouco ama». Depois disse à mulher: «Os teus pecados estão perdoados». Então os convivas começaram a dizer entre si: «Quem é este homem, que até perdoa os pecados?». Mas Jesus disse à mulher: «A tua fé te salvou. Vai em paz».
Palavra da Salvação.

(Lc 7, 36-50)

O episódio que acabaste de escutar agora, marca uma reviravolta no Evangelho. O episódio é grande e tem muitas imagens.

Gostava que fizéssemos um percurso em conjunto… Entrássemos… Em primeiro lugar, vamo-nos colocar na cena. Imagina-te num espaço enorme, o sítio mais bonito, mais luxuoso onde tu já foste. Ali está a decorrer uma festa, cheia de gente ilustre, gente muito importante. Toda a gente quer falar com o anfitrião e também com o convidado mais importante. Repara, são pessoas que captam a atenção de todos pela maneira como estão vestidas, pela posição até que ocupam na sociedade.

E, de repente, entra uma mulher. Alguém que toda a gente sabe que fez alguma coisa muito feia. E toda a gente sabe o que é que ela fez… Ela é uma pecadora e toda a gente a condena. O que é que acontece? Jesus repara no gesto que ela faz. Um gesto importante que, se tu estás recordado, Jesus vai repetir esse gesto, que é... Esta mulher chega, lava os pés de Jesus com as suas lágrimas, enxuga-os com o cabelo e, depois, derrama perfume. Quem fazia este gesto eram os escravos.

Repara que Jesus, mais tarde, vai repetir este gesto, naquilo que Ele faz de mais importante por ti e por mim: dar a Sua vida. Na última Ceia, Jesus faz este mesmo gesto aos discípulos.

Será que tu és capaz de enfrentar os teus medos? Será que tu tens consciência de que as coisas más que tu fizeste nunca, mas nunca, apagam o bem que tu és capaz de fazer? Que Jesus olha para ti como uma pessoa que faz bem e que não anda à procura das tuas falhas para te deitar abaixo? Faz o mesmo tu, hoje, com aquelas pessoas que estão à tua volta.

Boa semana!

P. Abel Ferreira

Newsletter

Subscreve já a nossa newsletter e recebe em primeira mão cada novo episódio.