(E)ternamente Escolhido

Batismo do Senhor (Ano C)
Lc 3, 15-16.21-22

P. Carlos Azevedo | Hospital D. Estefânia

Desafio-te:

Esta semana, celebra a tua escolha como Filho de Deus.

Descarrega: PDF | Video

Partilha:

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Naquele tempo, o povo estava na expectativa e todos pensavam em seus corações se João não seria o Messias. João tomou a palavra e disse-lhes: «Eu baptizo-vos com água, mas vai chegar quem é mais forte do que eu, do qual não sou digno de desatar as correias das sandálias. Ele baptizar-vos-á com o Espírito Santo e com o fogo». Quando todo o povo recebeu o baptismo, Jesus também foi baptizado; e, enquanto orava, o céu abriu-se e o Espírito Santo desceu sobre Ele em forma corporal, como uma pomba. E do céu fez-se ouvir uma voz: «Tu és o meu Filho muito amado: em Ti pus toda a minha complacência».
Palavra da Salvação.

(Lc 3, 15-16.21-22)

A Igreja celebra este domingo a festa do Batismo de Jesus. É, sem dúvida nenhuma,um dia importantíssimo para todos nós. Aqui começa, oficialmente, o ministério público de Jesus. Aqui Ele começa a sua missão de nos salvar de uma forma assumida e manifestada. E, neste dia, gostaríamos de vos convidar a algo muito importante: a termos consciência daquilo que é nossa grande vocação, a de sermos filhos de Deus.

Mas é um espanto... Quem escolherias tu para teu amigo? Quem ousarias tu escolher para teu irmão? E quem ousarias, porventura, tu escolher para teu filho? Se calhar a resposta não seria assim tão rápida e tão fácil como aquela que acontece no dia do nosso Batismo e que se inaugura, também, com o Batismo do próprio Senhor. Deus ao batizar o seu filho, Jesus Cristo, também nos desafia, a cada um de nós, a podermos tomar consciência da grande importância do nosso mesmo e próprio Batismo. Tão grande é o nosso destino. Sermos não só amigos, irmãos, mas sermos também filhos de Deus.

Será que tens consciência da importância de seres escolhido por Deus para ser seu filho? Efetivamente, nós sabemos, não é de todo algo que seria muito fácil na nossa vida, o podermos escolher alguém. Mas Deus escolheu-me. Deus escolheu-te. E o que pensas tu disto? O que é que tu achas desta grande dimensão, a que Deus te eleva também com o teu próprio Batismo?

Neste dia, somos, uma vez mais, convidados também a celebrar essa graça, não só de nós sermos batizados, mas também de um dia termos sido escolhidos por Deus para sermos seus filhos, nos quais Deus põe toda a sua complacência, põe todo o seu enlevo. Esse enlevo que nos permite, então, pela nossa vez, pelo nosso lugar, também cada um de nós poder dizer o mesmo aos demais: "Amigo, irmão, tu és também filho de Deus!". E ajudá-los a descobrir a dimensão da sua vocação, é das coisas, com certeza, mais fantásticas que a nossa vida pode ter.

Neste domingo, assim te desafiamos a poder celebrar a importância de um Deus que, independentemente, dos teus defeitos, independentemente, das tuas fragilidades, Ele ousa escolher-te.

Saboreia-O. Vivencia-O. Celebra-O.

P. Carlos Azevedo

Newsletter

Subscreve já a nossa newsletter e recebe em primeira mão cada novo episódio.