Acabou-se o Negócio!

3.ª Domingo Quaresma (Ano B)
Jo 2, 13-25

P. Carlos Gonçalves | Serviço da Juventude

Desafio-te:

Na tua vida, em que situações tentas negociar com Deus? Não faças negócio com Ele! Oferece-te!

Descarrega: PDF | Video

Partilha:

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

Estava próxima a Páscoa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém. Encontrou no templo os vendedores de bois, de ovelhas e de pombas e os cambistas sentados às bancas. Fez então um chicote de cordas e expulsou-os a todos do templo, com as ovelhas e os bois; deitou por terra o dinheiro dos cambistas e derrubou-lhes as mesas; e disse aos que vendiam pombas: «Tirai tudo isto daqui; não façais da casa de meu Pai casa de comércio». Os discípulos recordaram-se do que estava escrito: «Devora-me o zelo pela tua casa». Então os judeus tomaram a palavra e perguntaram-Lhe: «Que sinal nos dás de que podes proceder deste modo?». Jesus respondeu-lhes: «Destruí este templo e em três dias o levantarei». Disseram os judeus: «Foram precisos quarenta e seis anos para se construir este templo, e Tu vais levantá-lo em três dias?». Jesus, porém, falava do templo do seu corpo. Por isso, quando Ele ressuscitou dos mortos, os discípulos lembraram-se do que tinha dito e acreditaram na Escritura e na palavra de Jesus. Enquanto Jesus permaneceu em Jerusalém pela festa da Páscoa, muitos, ao verem os milagres que fazia, acreditaram no seu nome. Mas Jesus não se fiava deles, porque os conhecia a todos e não precisava de que Lhe dessem informações sobre ninguém: Ele bem sabia o que há no homem.
Palavra da salvação.

(Jo 2, 13-25)

Se calhar impressiona-te esta atitude de Jesus tão drástica e até violenta. Na verdade, Ele expulsa os vendilhões do templo. Poderás pensar: “Bom, mas, é bem feito, porque estavam ali a aproveitar-se da religião para fazerem o seu negócio.”. E foi assim tantas vezes ao longo da história e se calhar é assim ainda em muitos sítios. Pode ser.

Mas o Evangelho quer fazer-nos levar mais longe. O que é que estes vendedores vendiam? Coisas más? Coisas chocantes? Coisas contra a religião? Não! Vendiam ovelhas e bois, para os sacrifícios, para o culto no templo. Havia cambistas para ajudar, a quem fosse de fora, a trocar a sua moeda e poder fazer isso mesmo. Jesus, na verdade, o que expulsa é uma religião sem conversão. Expulsa esta atitude de querer controlar Deus, de querer fazer Deus, obrigar Deus a fazer a nossa vontade e em troca dou-Lhe uma ação religiosa, presto-Lhe uma religião.

Não sei se se passa o mesmo contigo. Se calhar não. Ou se calhar quando pensas: “É melhor ir à igreja para que a vida me corra bem, para que não tenha problemas, doenças, para que não haja nenhum acidente”. Ou então quando dizes: “Se este teste me correr bem, prometo que vou… Prometo que rezo...”. Somos todos um pouco assim e Jesus sabe disso. E é por isso mesmo que nos introduz agora numa novidade: a Ressurreição.

Ele quer reconstruir o templo que és tu! E, por isso, diz mesmo: “Haveis de destruir este templo e Eu hei de reconstruí-lo em três dias”. Templo ou corpo? Diz o Evangelista que Ele falava do templo do Seu corpo. Estava mesmo a falar da Sua Ressurreição. E não te enganes… Para alguém poder ressuscitar, tem de morrer. E assim foi com Jesus. Morreu, deu a Sua vida por ti e por mim, para nos salvar. E agora quer que passemos por aí também, pela sua morte, pela sua cruz, para chegar à Ressurreição.

É Jesus que tem o poder para expulsar estes vendilhões do teu templo ou do templo que és tu. É Jesus que pode transformar esta tua maneira de viver a religião ou a fé cristã. Desta maneira tão pequenina, em que queres comprar Deus, trazer Deus como teu criado, para te fazer chegar a viver como Seu filho, como alguém que pode livremente escolher a sua vida e acolher a vida que Deus lhe dá. Se calhar tens algumas dúvidas. Se calhar pensas que Ele não tem esse poder. Se calhar não tem essa força. Pois, acredita, Jesus ressuscitou.

Eles também já no fim do Evangelho se diz, que depois de Jesus ressuscitar, acreditaram que o que Ele tinha dito era verdade. Dizemos-te o mesmo. Digo-te o mesmo. Jesus ressuscitou. A comprová-lo estão milhões e milhões de pessoas que ao longo de dois mil anos puderam fazer esta mesma experiência de Ressurreição. Passar pela morte, pela cruz e chegar à Ressurreição.

Só Jesus pode fazer isto mesmo. Deixa que Ele realize em ti.

P. Carlos Gonçalves

Newsletter

Subscreve já a nossa newsletter e recebe em primeira mão cada novo episódio.